Pular para o conteúdo
Voltar

Servidores do Samu são capacitados para atuar no trânsito

Ana Cláudia Guimarães | SES-MT

A | A

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) entregou na última terça-feira (06.11) os certificados dos 34 profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que participaram do 1º Curso de Capacitação para Condutores de Veículos de Emergência e Primeiros Socorros.

A capacitação, realizada entre os dias 03 e 05 de setembro de 2018, contou com os enfermeiros e técnicos de enfermagem que possuem carteira de habilitação categoria A. O curso teve etapas na Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) e na Escola de Saúde Pública (ESP). 

O principal objetivo foi atualizar os profissionais sobre as legislações vigentes do trânsito, a revisão das políticas de urgência e emergência, com alinhamento direto de todas as ações e condutas utilizadas para um atendimento pré-hospitalar adequado. “Esta capacitação busca a continuidade de um atendimento resolutivo, que age no momento certo e de modo adequado, fornecendo um serviço mais seguro, que minimizará toda e qualquer intercorrência no trânsito”, explicou Bruna Santiago, superintendente do Samu.

O curso foi realizado a partir do Núcleo de Educação em Urgências, em parceria com a Semob e o Batalhão Ronda Ostensivas Tático Móvel (Rotam) da Polícia Militar, que já é parceiro do Samu. “A realização dessa capacitação só foi possível pela junção, união e concretização de ações entre a gestão do Samu e seus profissionais”, afirmou Bruna. 

Também participaram do curso servidores que trabalham com o serviço de motolância, já existente em Cuiabá, e que será implantado em Jaciara ainda este ano. O Samu está em pleno funcionamento nos seguintes municípios: Juína, Cotriguaçu, Tangará da Serra, Jaciara, Aripuanã, Brasnorte, Campo Novo do Parecis, Poconé, Chapada dos Guimarães, Cuiabá e Várzea Grande. Em Confresa, se iniciou o processo de implantação de uma base descentralizada de suporte básica.

Os servidores da Semob ainda foram capacitados em primeiros socorros. “A intenção é que as instituições, realizando práticas padronizadas, possibilitem cada vez mais a melhoria do atendimento à sociedade”, finalizou a superintendente do Samu.





Polícia Civil prende sete de associação criminosa envolvida no latrocínio de investigadora

Os criminosos foram autuados por quadrilha armada, roubo seguido de morte (latrocínio), furto qualificado, roubo majorado, associação...

Durante 40 anos mulheres editaram revista feminina em Mato Grosso

Entre as cronistas da revista A Violeta estão Maria Dimpina Lobo Duarte, e Maria de Arruda Müller, ambas...

Entidades debatem lei da Pesca em Mato Grosso

No Dia Mundial da Água (22.03), diversos setores que atuam no segmento da Pesca chamam a atenção para a...