Pular para o conteúdo
Voltar

Governador participa da Festa da Colheita em encontro de agricultores indígenas

Chefe do Executivo estadual conhecerá a Cooperativa Agropecuária dos Povos Indígenas Haliti-Paresis, Nambikwara e Manoki, localizada na aldeia e, em seguida, uma área de produção de cultura de soja.
Carol Sanford | Secom-MT

O povo Paresi tem se destacado na produção de soja, milho, batata, batata-doce, abóbora, feijão, entre ouros produtos. - Foto por: Junior Silgueiro | Secom MT
O povo Paresi tem se destacado na produção de soja, milho, batata, batata-doce, abóbora, feijão, entre ouros produtos.
A | A

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, participa nesta quarta-feira (13.02) da Festa da Colheita, realizada durante o 1º Encontro Nacional de Grupo de Agricultores Indígenas, na Aldeia Matsene Kalore, em Campo Novo do Parecis (396 km a Noroeste de Cuiabá).

Durante a visita, o chefe do Executivo estadual conhecerá a Cooperativa Agropecuária dos Povos Indígenas Haliti-Paresis, Nambikwara e Manoki, localizada na aldeia e, em seguida, uma área de produção de cultura de soja. O início da solenidade de abertura do encontro está marcado para 10h30.

O líder indígena paresi, Arnaldo Zunizakae Paresi, entregará uma lista de reivindicações ao governador. A principal demanda dos indígenas da região é o apoio das autoridades, entre elas, a Fundação Nacional do Índio (Funai), para que as comunidades possam plantar em suas terras.

Comunicado da Fundação menciona a convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), segundo a qual os indígenas têm o direito de escolher seu modelo de desenvolvimento econômico.

De acordo com a Funai, o povo Paresi, formado por cerca de 2 mil indígenas, tem se destacado na produção de soja, milho, batata, batata-doce, abóbora, feijão, entre ouros produtos. Na safra 2018/2019, em Campo Novo do Parecis, foram semeados 8,7 mil hectares de soja, mil hectares de milho e 300 hectares de arroz. Para a safrinha, a previsão é de 7,7 mil hectares de milho convencional, 6 mil ha de feijão, 1,4 ha de girassol e 500 ha de milho branco.

Estão confirmadas as presenças da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e do ministro de Meio Ambiente, Ricardo Salles, além de secretários de Estado, senadores, deputados estaduais e federais e representantes da Funai.





Secretaria de Saúde realiza pagamento de verbas destinadas a municípios e ao Samu

Os valores de recursos pagos, garantem a prestação de serviços de saúde à população da Capital e interior do Estado. ...

Estado atende recomendação do MPE sobre utilização da Arena Pantanal

A data do evento da Prefeitura Municipal coincide com a semifinal e final do campeonato estadual, e início dos...