Pular para o conteúdo
Voltar

Alunos de escolas estaduais se destacam no Enem e garantem vagas em Universidades

Por Elisete Mengatti

Alunos de escolas da rede estadual de Mato Grosso tiveram ótimo desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, conquistando vagas em cursos para universidades públicas de todo o país.//

A maioria dos alunos conquistou vagas para a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).//

No entanto, vagas foram conquistadas também na Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e Universidade Federal da Bahia, entre outras.//

As Escolas Estaduais Liceu Cuiabano, Presidente Médici e André Avelino, de Cuiabá, que aprovaram uma média de 40 alunos cada uma./ Também se destacaram a Pascoal Moreira Cabral, EE da Polícia Militar Tiradentes, Raimundo Pinheiro e Dione Augusta, de Cuiabá; Adalgisa de Barros, de Várzea Grande; Adolfo Augusto e Daniel Martins Moura, de Rondonópolis; e 13 de Maio, de Tangará da Serra. A média de aprovação de cada uma dessas escolas foi de 20 alunos.//

A maior nota de redação é da estudante Marrone Barbosa de Lara que obteve 980, uma das maiores pontuações do Estado. Ela estudou na Escola Estadual Júlio Muller em Várzea Grande.//

Já estratégia da Escola Estadual Dr.Estevão Alves Correa, aqui da capital foi criar o “ContraPonto”, projeto que serviu como curso preparatório para os interessados da escola que tem cerca de 1.500 alunos./ Destes, 90 aderiram ao projeto, porém apenas 30 foram até o final com aprovação de 20 estudantes.//

Um deles foi o Symon Felipe Moraes do Amaral que garantiu sua vaga para o curso de matemática na Universidade Federal de Mato Grosso.// Para Symon é um sonho concretizado graças a contribuição da escola.//

Sonora -  Symon Felipe Moraes do Amaral

A idealizadora do projeto, professora de inglês Lyssa Gonçalves Costa explicou que muitos alunos das escolas públicos têm grande potencial e precisam apenas de um empurrãozinho. //

Sonora – Lyssa Gonçalves Costa

As atividades extraclasse ajudaram muitos os alunos, conforme disse a coordenadora da escola Daniela dos Santos Vargas./ Ela revelou que o fundamental neste processo é a motivação do aluno e é neste sentido que a política educacional faz a diferença.//

Sonora - Daniela dos Santos Vargas