Pular para o conteúdo
Voltar

Em novo decreto Governo consolida critérios de combate ao coronavírus

Por Elisete Mengatti/Secom-MT

Publicado no Diário Oficial que circula nesta quinta-feira (26) o novo decreto do Governo do Estado consolida os critérios para a prevenção e combate ao coronavírus, com a manutenção do isolamento social seguindo orientação da Sociedade Brasileira de Infectologia./ O decreto reforça as medidas que têm sido adotadas pelo Gabinete de Situação, comandado pelo governador Mauro Mendes.//

O documento lista de forma objetiva quais são as atividades que poderão continuar a operar durante o período que durar a pandemia e as que ficarão restritas, de modo a garantir a saúde da população, bem como as atividades econômicas essenciais e, consequentemente, os empregos dos mato-grossenses.//

O governador explicou que as ações também ficam vinculadas às prefeituras, de modo a não haver divergências entre as medidas tomadas pelo Estado e pelos municípios.//

Sonora Mauro Mendes

Entre as principais medidas consolidadas pelo decreto estão a proibição do funcionamento dos parques públicos e privados, praias de água doce, teatro; cinema, museus, casas de shows, festas, feiras, academias, ginásios esportivos e campos de futebol, missas, cultos e celebrações religiosas, outros eventos e atividades que demandem aglomeração ou reunião de pessoas.//

Também ficam suspensas as atividades escolares públicas e privadas até o dia 05 de abril de 2020.//

Em relação ao Isolamento domiciliar: a medida vigora para as pessoas com mais de 60 anos, pessoas hipertensas, pessoas com doenças cardíacas, renais crônicas, respiratórias crônicas, e outras doenças imunodepressivas, os quais devem evitar seu contato direto com pessoas jovens, inclusive com as pessoas com quem coabitam.//

Para os que estão fora do grupo de risco, fica recomendada a prática de atividades recreativas e esportivas individuais ao ar livre, desde que respeitado o distanciamento mínimo de 1,5 m entre as pessoas.//

Entre as medidas permitidas pelo decreto estão o transporte coletivo municipal e metropolitano somente com passageiros sentados, transporte por meio de taxi ou aplicativo apenas no banco traseiro, velório, com até 20 pessoas, transporte coletivo e intermunicipal de funcionários.//

As atividades econômicas permitidas são supermercadistas de pequeno, médio e grande porte, atacadista e pequeno varejo alimentício, padarias, Restaurantes, cafés e congêneres, lojas de conveniência, bares e distribuidoras de bebidas, açougues e peixarias e distribuidoras de gás de cozinha. Todos para retirada no local ou na modalidade delivery.//

Também estão autorizadas agências bancárias e loterias, hospitais, clínicas e serviços de assistência à saúde humana e de animais, assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade, farmácias e drogarias,  atividades de segurança pública e privada,  a guarda e a custódia de presos, lojas de peças automotivas, materiais elétricos e de construção, Indústrias, produção, distribuição e comercialização de combustíveis e de derivados, inclusive postos de combustíveis, prestadores de serviços de manutenção de elevador, ar condicionado, rede elétrica, telecomunicação e internet, abastecimento de água e oficinas mecânicas, concessionária de veículos, shopping centers, lojas de departamento, galerias e congêneres.//

Ainda fica permitida a circulação de veículos em rodovias estaduais e municipais destinada ao transporte de mercadorias e insumos./Mas tudo isso só pode ser feito garantidas as normas de segurança, prevenção e combate ao coronavírus.//

Segundo Mauro Mendes, o Governo continua em alerta e de prontidão para adotar outras medidas, que se apresentem necessárias.//

Sonora Mauro Mendes

Para conferir o decreto na integra é só acessar o portal do Governo de Mato Grosso.//