Pular para o conteúdo
Voltar

Atletas exaltam Cuiabá como sede dos Jogos Universitários Brasileiros

Os Jogos Universitários Brasileiros em Cuiabá (JUBs 2016) terminaram no dia 13 de novembro, e muitos atletas já estão com saudades da competição que se destacou, principalmente, pela organização. Os estudantes também elogiaram Cuiabá como sede e a hospitalidade dos moradores locais.

A jogadora de futsal da faculdade Feevale, do Rio Grande do Sul, Hohana da Silva (24 anos), destacou o transporte e a estrutura dos hotéis como pontos positivos. “A hospedagem está mil vezes melhor em relação à edição passada. Os ônibus que levam os atletas também são todos novos e confortáveis”, disse a estudante de Educação Física.

Ela também elogiou a hospitalidade do povo cuiabano. “Todos são muito simpáticos e receptivos. As pessoas de Cuiabá são calorosas tanto quanto o calor da cidade”, brincou a atleta.

Por outro lado, o calor de Cuiabá incomodou as paranaenses do Centro Universitário Assis Gurgacz (FAG), que estão acostumadas com as temperaturas bem mais amenas da região Sul. Mas isso não impediu que as meninas conquistassem a medalha de ouro da segunda divisão do handebol.

Apesar do calorão, as atletas garantem que adoraram a cidade e, principalmente, a estrutura que foi montada para o evento. “Gostamos muito da Arena Pantanal, onde foi montado o Boulevard (centro de convivência) dos atletas. O espaço serviu pra gente relaxar após as partidas. Teve vídeo game, corte de cabelo, manicure, pedicure, massagem, karaokê, tênis de mesa, enfim, foi uma maravilha”, exaltou a jogadora Keila Lima (28 anos), que faz faculdade de Nutrição.

Já a estudante Mayara Silva (19 anos), jogadora de basquete da faculdade Facem, da cidade de Sorriso (MT), elogiou o atendimento médico e a alimentação dos jogos. “Precisei ser atendida por conta de dores abdominais e recebi um excelente tratamento. A comida estava muito boa, saborosa e bem balanceada”, ressaltou.

Para o paranaense, Igor P. Almeida, do time de futsal da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), a interação com os outros atletas foi o grande destaque do JUBs em Cuiabá. “Fiz muitas amizades com atletas das outras modalidades do Paraná e também a galera do basquete da delegação de Sergipe”.

Ele também disse que o JUBs cuiabano serviu para o time adquirir experiência para a próxima edição dos jogos, no ano que vem. “Foi a primeira vez que a nossa faculdade participou do JUBs e pudemos perceber o quanto a competição é de alto nível. Com certeza, vamos nos preparar mais em 2017”, salientou.

Os mais de 300 voluntários que participaram do JUBs também foram essenciais para o sucesso da competição. Para a estudante de Educação Física da Universidade de Cuiabá (Unic), Jessica Gonçalves, os jogos serviram para mostrar que ela está no caminho certo da carreira profissional. “O JUBs me mostrou que realmente eu quero ser uma educadora física”.

Ela explicou que o evento foi muito enriquecedor, pois pôde viver na prática muitas coisas da profissão que pretende seguir depois que se formar. “Às vezes, na faculdade é muita teoria e é bom você ter um pouco de prática para encarar o mercado de trabalho”, disse Jéssica, que está no sexto semestre do curso de Educação Física. “Participar do JUBs é uma experiência que contará muito no currículo quando eu for procurar emprego”, enfatizou a voluntária.

Jogos Universitários

As competições do JUBs, que começaram no dia 03 de novembro e encerraram no dia 12 com as finais do basquete, handebol, vôlei e futsal. Mas, o evento terminou oficialmente no domingo (13.11), com o retorno das 27 delegações aos estados de origem. O evento contou com a participação de mais de quatro mil atletas, em 17 modalidades esportivas.

O JUBs Cuiabá é uma realização da Confederação Brasileira do Deporto Universitário (CBDU), Governo de Mato Grosso, Federação Mato-grossense de Esportes Universitários (FMEU), com o apoio da Prefeitura de Cuiabá e Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).