Pular para o conteúdo
Voltar

Polícia Civil prende assaltante com sete condenações

Assessoria | PJC-MT

A | A

Um homem com extensa ficha criminal e várias condenações foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de segunda-feira (13.11), durante investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande. Hélio Freese, 40, foi autuado em flagrante delito por furto, corrupção ativa e falsa identidade.

O suspeito possui 15 passagens pela polícia e 7 condenações pelos crimes de estelionato, porte de arma de fogo, furto qualificado e roubo majorado. Ele foi identificado como um dos autores de pelo menos quatro furtos com subtração de veículos cometidos nos últimos dias na cidade de Várzea Grande.

Durante diligências na região da Vila do Aguaçu, para um dos furtos, ocorrido na ultima sexta-feira (10.11), de onde foi subtraída uma caminhonete Ford F350, os investigadores da Especializada de Várzea Grande se depararam com uma caminhonete F250 de cor prata, em alta velocidade. Imediatamente foi feito o acompanhamento da F250 e dada ordem de parar.

Na abordagem, o motorista se identificou como Eliezer Freese. Em sua cintura foi apreendida uma chave falsa (mixa). Questionado, o suspeito assumiu ter usado a ferramenta para subtrair um veículo, poucas horas antes, na Avenida Júlio Campos, próximo ao Banco do Brasil.

O detido também tentou subornar os investigadores de polícia, oferecendo um valor alto em dinheiro. Ainda na ocasião da abordagem, os policiais civis perceberam a presença de um automóvel Fiat Uno preto, que ao avistar a equipe retornou rapidamente com o carro, em atitude suspeita.

Diante dos fatos, o condutor foi levado à Derf de Várzea Grande, interrogado pela delegada de polícia Jannira Laranjeira Siqueira Campos e autuado pelos crimes de corrupção ativa e furto qualificado.

Na delegacia, a advogada do detido compareceu para acompanhar os procedimentos e entregou o documento de identificação em nome de Hélio Freese, razão pela qual ele foi autuado também pelo crime de falsa identidade. 

O suspeito Hélio foi reconhecido por uma testemunha que presenciou o furto. Imagens captadas pelas câmeras de segurança das proximidades do local do furto mostram o suspeito com as mesmas características físicas de Hélio. Nos vídeos também aparece o automóvel Fiat Uno de cor preta, citado na abordagem.

As investigações continuam com objetivo de identificar e prender o comparsa que atua nos crimes junto com Hélio.

Durante a abordagem na região da Vila Aguaçu, a equipe da DERF de Várzea Grande apreendeu uma caminhonete já desmontada, que foi subtraída da Prefeitura Municipal de Várzea Grande, na semana passada.