Pular para o conteúdo
Voltar

MT registra mais de 400 flagrantes por embriaguez ao volante nos últimos anos

Luzia Araújo | Gcom/MT

MT registra mais de 400 flagrantes por embriaguez ao volante nos últimos anos - Foto por: Lenine Martins/Sesp-MT
MT registra mais de 400 flagrantes por embriaguez ao volante nos últimos anos
A | A

Quatrocentos e trinta e dois motoristas foram presos em flagrante dirigindo embriagados em Mato Grosso. As prisões aconteceram durante a operação Lei Seca no período de 2014 a 2016. O dado é do 1º Anuário Estatístico de Trânsito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) lançado na semana passada.

O maior número de flagrantes aconteceu em 2014, ano em que começou a ação preventiva no Estado, totalizando 215 prisões. Com o decorrer dos anos, a quantidade de prisões foi caindo. Em 2015, por exemplo, foram registrados 107 flagrantes e, em 2016, 110.

Além das prisões, a operação Lei Seca também aprendeu veículos e recolheu CNHs. De 2014 a 2016, foram recolhidas 1.279 carteiras de habilitação e apreendidos 422 veículos. Durante os três anos analisados, motoristas de 4.009 veículos foram abordados e 3.201 notificações foram geradas na ação preventiva, sendo que 1.478 foram de embriaguez.

O projeto Operação Lei Seca teve início em 2014 e trata da integração do trabalho das instituições da área de trânsito e segurança pública. A operacionalização das atividades do projeto é realizada por meio do trabalho do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), contando com a participação Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Politec, Detran, além do apoio da Polícia Rodoviária Federal, prefeituras municipais e Secretaria de Justiça e Direitos Humanos.

O objetivo do projeto é salvar vidas por meio do trabalho preventivo e educativo de combate ao risco de consumo de bebida alcoólica associada à direção de veículo automotor, promovendo uma mudança na sociedade em prol da cultura de paz no trânsito.

Outra ação implementada pela operação são as ações de fiscalização integrada de trânsito, inicialmente realizadas nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande, nos anos de 2014 e 2015, e atualmente presentes em 15 municípios do Estado, sendo Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis, Cáceres, Tangará da Serra, Barra do Garças, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Nova Mutum, Alta Floresta, Juína, Jaciara, São José dos Quatro Marcos e Campo Novo dos Parecis.