Pular para o conteúdo
Voltar

Exposição internacional chega ao Museu de Arte Sacra

Assessoria | SEC-MT

A mostra chega à capital mato-grossense depois de circular por importantes espaços dedicados à arte com viés religioso
A mostra chega à capital mato-grossense depois de circular por importantes espaços dedicados à arte com viés religioso
A | A

Depois de passar por museus de Portugal e Itália a exposição "Maria, discípula Missionária", da artista plástica Mari Bueno, entra em cartaz na quinta-feira (14.01) no Museu de Arte Sacra, em Cuiabá. Treze obras retratam a vida de Maria, desde a anunciação até a coroação de Nossa Senhora como Rainha do Céu e da Terra. Outras 18 telas revelam como ela é vista por diferentes culturas de outros países. Ao todo, são 31 obras em óleo sobre tela.

A mostra chega à capital mato-grossense depois de circular por importantes espaços dedicados à arte com viés religioso. O Museu de Arte Sacra e Etnologia de Fátima, em Portugal, foi o primeiro a recebê-la, em maio de 2014. Já em junho de 2015, as telas foram expostas na Basílica de Santo Ambrósio, durante a Expo Milano 2015, em Milão, na Itália.

Em setembro, chegaram ao Brasil para apreciação de visitantes da Basílica do Santuário Nacional de Aparecida, onde ficou até o final de outubro, período em que a exposição recebeu a visita de 120 mil devotos. Em novembro, foi a vez de Sinop.

Em Cuiabá, a mostra coroa um ciclo do projeto que cumpriu um de seus principais objetivos, o de ser um trabalho evangelizador e catequético. “Foi um circuito que começou em maio de 2014 em Portugal, passou pela Itália, esteve no Santuário da padroeira do Brasil e agora chega a Mato Grosso. Nesse percurso, além de fomentar e destacar a arte, cumpriu sua função de ser uma exposição catequética e evangelizadora. Fico muito feliz e também emocionada”, complementou Mari Bueno. “Encerramos o ciclo em Cuiabá, que é centro da cultura mato-grossense”.

A diretora técnica do Museu de Arte Sacra, Maria José, destaca a importância da mostra e do trabalho que a artista vem desenvolvendo neste segmento. “Mari Bueno transita entre os universos figurativo e abstrato, mas suas produções que envolvem a linguagem sacra têm lhe conferido reconhecimento mundial. É uma honra para o MAS-MT acolher este acervo”.

Desta forma, o público mato-grossense não só tem acesso ao acervo de outros museus que chegam a Mato Grosso via Museu de Arte Sacra de Mato Grosso, mas pode apreciar também a produção regional que se adequa à temática religiosa com grande qualidade estética da arte. A exposição segue até o dia 13 de março, aberta para visitação de terça-feira a domingo, das 9h às 17h. O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso é administrado via contrato de gestão entre a Secretaria de Estado de Cultura e a Associação Casa de Guimarães.

Serviço

Exposição Maria, Discípula Missionária
Abre no dia 14 de janeiro, às 19h30 e segue até 13 de março
Visitação de terça-feira a domingo, das 9 às 17 horas
O Museu de Arte Sacra fica na avenida Clovis Hugney – Complexo Nossa Senhora da Conceição, 239, bairro Dom Aquino