IDIOMA

 
 
 
Serviços de A a Z
Quarta, 05 de setembro de 2012, 11h53 | Tamanho do texto: A- A+

COPA 2014

Saiba tudo o que está sendo feito para a Copa do Mundo em Cuiabá

ASSESSORIA
Secopa-MT

 

Edson Rodrigues/Secopa
Arena Pantanal em 04 setembro 2012
Arena Pantanal em 04 setembro 2012

Arena Pantanal

Com 47% dos serviços concluídos, a construção da Arena Pantanal segue em ritmo normal, segundo o cronograma, com bom avanço na edificação da superestrutura. Setores oeste, leste, norte e sul já estão sendo erguidos. Em julho foi concluída a montagem das estruturas metálicas no setor norte e sul do estádio. Terraplanagem e drenagem estão concluídas. Em torno de 650 pessoas estão envolvidas na construção do novo Verdão.

Em julho teve início a construção dos pórticos de cobertura da Arena. No mês de agosto começa a parte de acabamento no interior, com a construção das paredes dos banheiros.

A Arena investe na sustentabilidade social, abrigando reeducandos e trabalhadores egressos do trabalho escravo que tem carteira assinada, alojamento, alimentação, alfabetização e capacitação.

O investimento global previsto na Matriz de Responsabilidade, compromisso assumido entre a União, Estados e Municípios para realizar obras prioritárias para o Mundial, é de R$ 518,9 milhões. O valor atual de R$ 420 milhões é referente à construção do estádio. Tecnologia da informação, cadeiras e placar eletrônico serão licitados até o final do ano, pois são produtos que tem rápida evolução e não devem ser adquiridos antecipadamente.

Com capacidade para 44.336 torcedores, a Arena Pantanal foi concebida a partir de modernos conceitos de funcionalidade e sustentabilidade. O projeto já recebeu vários prêmios, inclusive um internacional e foi elogiado por instituições ligadas à arquitetura nacional.

VLT - Veículo Leve sobre Trilhos

As obras para a construção do Veiculo leve sob Trilhos em Cuiabá e Várzea Grande já começaram, a primeira obra em andamento é a construção de uma trincheira no Km zero em Várzea Grande.

Neste mês de setembro o consórcio também finaliza a elaboração estudos de impacto ambiental e complementares, tais como licenciamento ambiental, estudo e relatoria de impacto de vizinhança e um estudo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) nas áreas centrais de Cuiabá e Várzea Grande.

Serão aproximadamente 23 Km de extensão, ligando a região do CPA ao aeroporto, e o Coxipó da Ponte ao centro de Cuiabá. Investimento previsto: R$ 1,2 bilhão (empréstimo através da Caixa Econômica Federal e BNDES).

Esse montante está estruturado da seguinte forma: os R$ 423 milhões que já haviam sido aprovados serão redirecionados para o VLT. Outros R$ 727 milhões serão viabilizados por meio de novo empréstimo com a Caixa Econômica Federal (com recursos do BNDES).

Aeroporto Internacional Marechal Rondon

Edson Rodrigues/Secopa-MT
Módulo Operacional Provisório (MOP) - Aeroporto Marechal Rondon
Módulo Operacional Provisório (MOP) do Aeroporto Marechal Rondon entregue em novembro de 2011

 

 

 

 

A licitação para abertura das propostas para de ampliação, reestruturação do terminal de passageiros e a para a construção do novo estacionamento foi realizada no dia 28 de agosto, devendo ser concluída até a primeira quinzena de setembro.

A área construída passará dos atuais 5.460 m² para 13. 200 m². A capacidade também subirá de 2,5 milhões para 5,7 milhões de passageiros ao ano, oferecendo melhor estrutura e segurança durante a Copa de 2014, além de ser um importante legado para Mato Grosso. A obra deve ser finalizada em dezembro de 2013.

Em novembro de 2011 foi entregue o Módulo Operacional Provisório (MOP) para desembarque dos passageiros, precedendo a ampliação do aeroporto visando a Copa do Mundo. A construção do novo prédio administrativo deve ser concluída em novembro.

MOBILIDADE URBANA

- Corredor Mário Andreazza

Ponte Mário Andreazza - A duplicação da ponte Mário Andreazza está praticamente concluída, faltando só à finalização das cabeceiras. A duplicação consta uma nova ponte sobre o rio Cuiabá, com 228 metros de cumprimento e 11 metros de largura, que vai facilitar o trânsito entre Cuiabá e Várzea Grande.

Duplicação da rodovia Mário Andreazza - Em outubro de 2011 foram iniciadas as obras de duplicação da rodovia Mário Andreazza, da Miguel Sutil até o Trevo do Lagarto, num total de 9,4 km. Até julho foram executados 20% das obras de duplicação. O corredor Mário Andreazza é uma das mais importantes rotas de integração entre Cuiabá, Várzea Grande e a região Norte e Noroeste do Estado. É também uma via que facilita o acesso do Aeroporto Marechal Rondon à Arena Pantanal. A duplicação da rodovia será concluída até o final de 2013.

- Adequação viária e obras de acesso à Arena Multiuso Pantanal

Estrada da Guarita - A obra vai interligar a região central de Várzea Grande à localidade de Passagem da Conceição, importante ponto turístico da cidade. A duplicação facilitará a ligação entre o aeroporto e a Arena Pantanal, contribuindo para desafogar a Av. da FEB e criando uma alternativa de tráfego para o caso de uma interdição daquela avenida. Também facilitará o acesso ao Centro Oficial de Treinamento (COT) de Várzea Grande, localizado na Barra do Pari. A distância entre o COT e a Arena Pantanal será de 2,7 quilômetros, atendendo exigência da Fifa, que fixa o tempo máximo de 20 minutos no deslocamento entre COTs e a Arena. A previsão é de a obra seja concluída em janeiro de 2013.

Construção, duplicação e Reforço da Ponte do Rio Pari - Na duplicação da estrada da Guarita está sendo executada a construção, duplicação e reforço de ponte de concreto sobre o rio Pari com 56,00 extensão, localizada no bairro Guarita. A construção da nova ponte já está com a infraestrutura e mesoestrutura concluídas e a etapa de superestrutura começou nesta semana com a fixação de vigas e lajes.Na ponte atual, com 54,55 metros de extensão, será realizada a duplicação e reforço da estrutura que atualmente é a única ligação até a Passagem da Conceição, em Várzea Grande. Essas intervenções estarão prontas em outubro deste ano.

Edson Rodrigues/Secopa
Obra de construção da Trincheira Jurumirim/Trabalhadores
Obra de construção da Trincheira Jurumirim/Trabalhadores

Trincheira Ciríaco Cândia (Mário Andreazza) - A trincheira Mário Andreazza está sendo construída no cruzamento da avenida Miguel Sutil com a avenida Ciríaco Cândia, nos bairros Santa Isabel e Cidade Verde. Ela faz parte do plano B de locomoção entre aeroporto-arena e aeroporto-rede hoteleira. A fase de drenagem está praticamente concluída e as a obras se concentram na construção do muro de arrimo e continuação das escavações. A conclusão da trincheira está prevista para novembro de 2012.

Pavimentação de diversas ruas do entorno da Arena Pantanal – Serão pavimentadas as seguintes vias:Rua Begônias (Entr. Rua das Tulipas - Entr. Av. das Flores /Entr. Rua das Violetas Entr. Av. 8 de Abril);Rua dos Crisântemos (Entr. Rua das Begônias - Entr. Ruas das Camélias);Rua Onze de Maio (Entr. Rua A - Entr. Av. Miguel Sutil );Rua das Papoulas (Entre. Rua das Begônias - Entr. Rua das Margaridas); e Av. Dom Carlos L. D´amour (Entr. Av. Agrícola Paes de Barros - Entr. Av. Ciríaco Candia), totalizando totalizando 2.231,99 metros. Obra já licitada e que deverá iniciar em breve.

- OBRAS DE TRAVESSIA URBANA

As obras de Travessia Urbana serão realizadas com recursos do Governo Federal, na ordem de cerca R$ 165 milhões. Serão construídos viadutos, trincheiras e elevados, entre outras intervenções viárias, ao longo das três rodovias federais (BRs 364/163/070), que em seus trechos urbanos compreendem as avenidas Fernando Correa, Miguel Sutil e FEB.

Trincheiras

A construção das trincheiras ajudará na mobilidade urbana e o reordenamento do tráfego ao longo da Miguel Sutil, garantindo um fluxo melhor de carros, ônibus e caminhões, além de aumentar a segurança do trânsito no local.

As obras de trincheiras consistem em alargamento das duas faixas de pista já existentes que serão usadas para acessar os bairros. Uma nova pista está sendo construída no centro da via para o condutor fazer um "mergulho”, onde os carros passarão por baixo das rotatórias já existentes, subindo novamente até voltar ao nível normal da pista.

Trincheira Verdão - As escavações nas imediações da rotatória do bairro Santa Isabel continuam avançando. Com 460 metros de extensão, a interdição atende a necessidade de edificar o primeiro trecho da construção da trincheira. Após essa primeira etapa as obras atingem a continuação da Avenida Miguel Sutil.

Trincheira Santa Rosa - A implantação desta trincheira visa revitalizar o fluxo de trânsito de diversos bairros da capital, entre eles Goiabeiras e Santa Rosa. O primeiro trecho da obra que está interditado tem 310 metros de extensão. Segunda etapa tem aproximadamente 210 metros extensão e tem previsão para início em agosto de 2012. As obras tem previsão para terminarem em março de 2013.

Trincheira Jurumirim/Trabalhadores - A obra da construção da trincheira servirá para aliviar o trânsito na Avenida Miguel Sutil, eliminando dois pontos críticos de congestionamento nas rotatórias das avenidas Jurumirim e Dante de Oliveira. Nos dois trechos interditados as escavações e a construção do muro de contenção avançam no trecho correspondente da entrada do Jardim Leblon até a rotatória da Avenida dos trabalhadores. As escavações estão atingindo 6 metros de profundidade e o muro de contenção já está na segunda fase.

Viaduto do Despraiado - O viaduto terá 325 metros de comprimento é executado pelo Consórcio Atracon, formado pelas empresas Atrativa e Constral. Além disso, o consórcio é responsável por realizar adequações viárias na entrada da av. Marechal Deodoro até o trecho de acesso ao Centro de Eventos do Pantanal, totalizando 1,8 Km. A obra deverá ser concluída em maio de 2013.

Complexo Viário do Tijucal - No entroncamento das BR-163/364/070/MT, os visitantes que vierem do Sul e Sudeste do Brasil estarão diante um grande viaduto e uma moderna trincheira, denominada Complexo Viário do Tijucal. A trincheira de 740 metros de extensão, que fará um “mergulho” na BR-364 até a avenida Arquimedes Pereira Lima, melhorando a distribuição do fluxo de trânsito daquela região. O viaduto, de 520 metros de extensão, fará a ligação da BR-364, passando por cima do trevo de acesso do bairro Tijucal até a avenida Fernando Correa da Costa. A obra deverá concluída no final de 2013.

Viaduto Dom Orlando Chaves - No entroncamento da Av. da Feb com a Av. Dom Orlando Chaves, em Várzea Grande, será construído um viaduto de 153 metros. A obra inclui ainda a recuperação da via no entroncamento da Rodovia Mário Andreazza (MT-444) até a entrada do bairro Cristo Rei, totalizando 2,9 Km de extensão. O prazo de conclusão é de 360 dias. Obra está na fase final de licitação.

OBRAS DE DESBLOQUEIO

A Secopa também realiza obras de desbloqueio para criar alternativas de trânsito durante a execução das grandes obras de mobilidade urbana, como o VLT.

Duplicação da Av. Juliano da Costa Marques (Bela Vista) - A duplicação da Av. Juliano Costa Marques, nos trechos compreendidos entre a entrada da Av. Historiador Rubens de Mendonça (CPA) e a entrada da av. dos Trabalhadores, tem 3.120 metros de extensão. Com previsão para entrega em setembro de 2013, a obra será utilizada para organizar o fluxo de veículos na Avenida do CPA.

Ponte sobre o Córrego Gumitá (Av. Jurumirim) - A ponte em concreto terá 30 metros de extensão e 12,8 metros de largura. Restando apenas a cabeceira a ponte sobre o córrego Gumitá será uma alternativa para desafogar o tráfego de veículos na Avenida dos Trabalhadores interligando os bairros Novo Mato Grosso e Três Lagoas.

Ponte sobre o Rio Coxipó - Ligação da Rua dos Eucaliptos - Av. Arquimedes P. Lima

Construção Ponte em Concreto Armado sobre o rio Coxipó, do entroncamento da Rua dos Eucaliptos ao entroncamento da Avenida Arquimedes Pereira de Lima, no Bairro Jd. Das Palmeiras, com 130 metros de extensão. A conclusão da obra deverá ocorrer até o final de 2012.

Prolongamento da Rua dos Eucaliptos - Jardim das Palmeiras - Prolongamento da Rua dos Eucaliptos, trecho compreendido entre o entroncamento com Avenida das Palmeiras e o entroncamento com a Avenida Archimedes Pereira Lima, totalizando 1.2 km de extensão, localizado no Bairro Jardim das Palmeiras. A obra deverá ser entregue em outubro de 2012.

Pavimentação da Avenida Mário Palma (Ribeirão do Lipa) - Está concluída a pavimentação da Avenida Mario Palma e Estrada Ribeirão do Lipa, ambas as pistas simples, totalizando aproximadamente 2.7 km de extensão. A ajuda a desafoga o trânsito da Avenida Miguel Sutil.

Pavimentação da Av. Camburiu/Rua Cabeceiras - Parque Geórgia - Pavimentação da Avenida Camburiu/ rua cabeceiras, trecho urbano, totalizando aproximadamente 1.1 km de extensão. A obra deverá ser concluída em outubro de 2012 e ajudará a desafogar o trânsito na avenida da FEB.

Pavimentação da Av. Itaparica - Obra de Pavimentação da Avenida Itaparica, trecho urbano, totalizando 816 metros de extensão, bairro Vista Alegre. A obra deverá ficar pronta até o final de 2012.

 

Secopa
COT da Barra do Pari, em Várzea Grande
COT da Barra do Pari, em Várzea Grande

Construção e implantação de um novo acesso ao bairro Coxipó - Construção da Ponte sobre o Rio Coxipó – Ponte de Concreto Pré-Moldado sobre o Rio Coxipó, trecho compreendido entre a Avenida beira e a Rua Antônio Dorileo, com 155,00 metros de extensão e 12,80 metros de largura. Implantação da Ligação da Av. Beira Rio à Rua Antônio Dorileo - trecho compreendido entre a Avenida Beira e a Rua Antônio Dorileo, totalizando 2.551,67 metros de extensão.

Restauração e duplicação da Av. Arquimedes Pereira Lima – A obra terá extensão de aproximadamente 4,42km contemplando a duplicação e alargamentos das pontes sobre o córrego do moinho e Rio Coxipó, com extensão de 44m e 84m no município de Cuiabá. Obra segue em licitação.

Centros Oficiais de Treinamento (COTs)

Serão construídos três Centros Oficiais de Treinamento, que deverão ser entregue em junho de 2013.

COT VARZEA GRANDE - Em Várzea Grande, os projetos básico e executivo do COT da Barra do Pari estão concluídos e o edital de licitação deve ser publicado na próxima semana. O local terá capacidade para três mil torcedores.

O COT-CPA, em fase de elaboração dos projetos, terá capacidade para 1.600 torcedores e também será utilizado como Centro de Ensino e Treinamento do Corpo de Bombeiros.

O COT-UFMT avança na montagem dos projetos será um importante legado para a maior universidade de Mato Grosso. No local será construída uma pista oficial de atletismo.

Rodovia Cuiabá - Chapada dos Guimarães -– A duplicação do primeiro trecho da Rodovia Emamuel Pinheiro, que liga Cuiabá a Chapada, já foi concluído pela Secretaria de Transportes e Pavimentação Urbana (Setpu/MT). O segundo trecho começa a ser duplicado neste mês. A cidade de Chapada fica a 60 km da Capital e é um importante ponto turístico de Mato Grosso.

Rodovia Cuiabá - Santo Antônio de Leverger - A duplicação da Rodovia Palmiro Paes de Barros, que liga Cuiabá a Santo Antônio de Leverger, está em andamento e será importante para facilitar o acesso ao município, muito visitado por quem gosta de uma boa pescaria no Rio Cuiabá.

Copa Verde - Lançado em junho do ano passado, o programa “Copa Verde” irá compensar a neutralização de gases poluentes emitidos na construção da Arena Pantanal. Nos próximos três anos serão repassados R$ 3,5 milhões para o projeto, dos quais R$ 710 mil serão destinados em forma de pagamentos por serviços ambientais aos ribeirinhos dos municípios ao longo das margens dos rios Cuiabá, Paraguai e São Lourenço, que são formadores do Pantanal.

Em parceria com o Instituto Ação Verde serão recuperados cerca de mil hectares de áreas de preservação permanentes (APPs) com o plantio de 1,4 milhão de árvores. Em média, cada árvore plantada sequestra 138 quilos de carbono durante o período de 30 anos. Estima-se que a obra do novo Verdão emitirá 711 mil toneladas de carbono equivalente.

Trilogia do Pantanal - Anunciado em setembro de 2011, o projeto “Trilogia do Pantanal divulgará a maior planície alagável do mundo em mais de 160 países por meio de um documentário que será exibido em três episódios (Terra, Água e Ar) pelo canal National Geographic. A previsão é que a trilogia seja exibida no último trimestre de 2012, atraindo a atenção de turistas nos quatro cantos do planeta.

Rede Hoteleira - O setor hoteleiro deve crescer 30% até a Copa de 2014. Estão previstas a construção e a ampliação de catorze novos hotéis, o que significa a construção de mais 1.410 apartamentos e 3.644 leitos, totalizando investimentos em torno de R$ 250 milhões. Até 2014 os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres, Jaciara, Primavera do Leste, Chapada dos Guimarães, Nobres, Santo Antonio do Leverger e Barão de Melgaço terão 240 locais receptivos de turistas, entre chalés, hotéis e pousadas, 8.962 apartamentos e 22.084 leitos aptos a receber as delegações estrangeiras, turistas e visitantes.

Davi Couto Valle/Secom-MT
Governador Silval Barbosa entrega premiação do Projeto Pintando a Copa
Governador Silval Barbosa entrega premiação do Projeto Pintando a Copa

Inserção Social

Pintando a Copa - O projeto visa estimular a produção de desenhos e pinturas relacionadas à Copa do Mundo, abrangendo um universo de cerca de 98 mil alunos de Ensino Fundamental da rede pública em Cuiabá e Várzea Grande. O projeto está dividido em quatro categorias, sendo três destinadas aos alunos e a última destinada às escolas. Para os melhores desenhos e projetos, o governo irá premiar os vencedores com notebook, TV LCD e câmera fotográfica digital. Serão premiadas as três melhores artes para cada categoria. Para a escola o prêmio será um notebook e um projetor multimídia.

Tô na Arena - O projeto “Tô na Arena” visa à inserção da sociedade mato-grossense, através de visitas ao canteiro de obras da Arena Pantanal. Por meio destas visitas, a população poderá acompanhar o desenvolvimento da construção da nova e moderna arena multiuso e participar efetivamente da história da Copa do Mundo em Cuiabá.

Os alunos menores de 18 anos participam de palestras e um bate-papo sobre Copa do Mundo e a construção da nova Arena. Já visitantes acima de 18 anos poderão percorrer pontos estratégicos do canteiro de obras, além de uma apresentação dos principais aspectos da construção da Arena.

Copa em Ação - Lançado em junho de 2011, o Copa em Ação é programa do Governo do Estado voltado para a qualificação e inserção da mão de obra no mercado de trabalho, na geração de emprego e renda, com incentivo ao empreendedorismo por meio do microcrédito. O objetivo é formar cerca de 10 mil profissionais. O investimento do projeto é de R$ 10 milhões de reais, com foco nas áreas de serviço, construção civil e turismo. Em janeiro de 2012, o governo iniciou o segundo ano do programa.

Mais sobre este assunto:

Newsletter
Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: