Pular para o conteúdo

15 de Dezembro de 2018 às 10:51 | Segurança Pública

15 de Dezembro de 2018 às 09:05 | Meio ambiente

Cidadão é protagonista na prevenção e combate às queimadas

14 de Dezembro de 2018 às 19:00 | Agronegócio e Agricultura Familiar

Indea atende caso de raiva em bovinos em Alta Floresta

14 de Dezembro de 2018 às 18:49 | Segurança Pública

14 de Dezembro de 2018 às 17:10 | Economia e Finanças

Projeto financiado pelo BID visa modernização da gestão fiscal do Estado

14 de Dezembro de 2018 às 15:58 | Planejamento e Gestão

Academia de Novos Líderes forma sua primeira turma

14 de Dezembro de 2018 às 15:39 | Sistema Penitenciário

Recuperandas participam de dia de beleza e cinema itinerante

14 de Dezembro de 2018 às 15:24 | Geral

Veículo roubado em Cuiabá é localizado em motel de Cáceres

14 de Dezembro de 2018 às 14:51 | Fethab

14 de Dezembro de 2018 às 11:27 | Segurança Pública

14 de Dezembro de 2018 às 11:14 | Justiça e Direitos Humanos

14 de Dezembro de 2018 às 11:06 | Meio ambiente

14 de Dezembro de 2018 às 11:00 | Educação

Voltar

Recadastramento de servidores ativos segue até 30 de setembro

O servidor que não se cadastrar terá o salário suspenso, e responderá Processo Administrativo Disciplinar (PAD)
D'Laila Borges | Seges-MT

A | A

A Secretaria de Estado de Gestão realiza, entre os dias 1º de agosto e 30 de setembro, a atualização cadastral anual de 2018 dos servidores efetivos, comissionados e empregados públicos do poder Executivo.

Estão dispensados os contratados, aposentados, servidores que entraram em exercício a partir de primeiro de julho e que se aposentarem durante o período de recadastramento.

Como em 2017, o processo este ano será realizado de modo 100% online, sem impressão de papel, trazendo mais agilidade, além da economia.

O Secretário de Gestão, Ruy Carlos da Fonseca, alerta os servidores para a importância de todos ficarem atentos aos prazos. “É importante que o servidor fique atento ao prazo do recadastramento para que não ocorra como em anos anteriores quando tivemos servidores inadimplentes. Com toda a praticidade do sistema não há motivos para deixar para última hora”, explica.

É importante ressaltar que sem e-mail particular não é possível iniciar o recadastramento. Isso quer dizer que tanto um e-mail pessoal, quanto o e-mail particular institucional serão válidos, no entanto, não serão aceitos e-mails setoriais.

Além do bloqueio salarial, o servidor que não se recadastrar no prazo previsto responderá Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para apuração dos fatos. O servidor que inserir informações falsas também será responsabilizado por meio do PAD.

Além disso, o servidor inadimplente terá que instaurar um processo de regularização contendo requerimento padrão preenchido, comprovante de conclusão da Atualização Cadastral extemporânea, que deverá ser impresso ao final da atualização via internet, e cópia das três ultimas folhas de frequência.

Anos anteriores

Em 2015 o número de servidores que não se recadastraram até a data limite foi de 1.647. Após o fim do prazo e a suspensão dos salários, 1.373 regularizaram a situação. Em 2016 este número caiu para 1.122, sendo que logo após o fim do período 582 procuraram a secretaria para se regulamentarem. Já no ano passado 761 não fizeram a atualização cadastral anual e logo após o tempo previsto 315 servidores se regularizaram.

Passo a passo

Já está disponível no site da Seges https://portaldoservidor.gestao.mt.gov.br/Recadastramento/
o link para realizar o recadastramento. O servidor preencherá o formulário online e após a conclusão do recadastramento, a chefia imediata receberá uma mensagem por e-mail para atestar com um clique, em tempo real, o recadastramento do servidor no sistema. Após esta primeira etapa, o servidor receberá um link de confirmação por e-mail, pelo qual deve concluir o seu recadastramento.