Pular para o conteúdo

23 de Setembro de 2017 às 08:03 | Segurança Pública

22 de Setembro de 2017 às 19:40 | Educação

Seduc implanta Núcleo de Qualidade de Vida para servidores em Juína

22 de Setembro de 2017 às 18:37 | Educação

Alunos do Médici inovam com trabalhos de Ciência e Tecnologia

22 de Setembro de 2017 às 17:52 | Educação

22 de Setembro de 2017 às 14:35 | Comércio e Serviços

Seges discute projeto de eficiência energética para órgãos públicos

Entre as soluções de eficiência energética estão a substituição de lâmpadas, aparelhos de ar condicionado e até da fiação elétrica dos órgãos
Lorena Bruschi | Seges-MT

A | A

A Secretaria de Estado de Gestão (Seges) em parceria com a Casa Civil vai conduzir um plano de eficiência energética para diminuir o consumo de energia na sede do órgão e no Palácio Paiaguás. Os órgãos se reuniram na tarde desta terça-feira (12.09) com a empresa DEODE Consultoria para discutir o assunto e traçar planos para acessar recursos do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), tornando a ação sem custos para o Estado.

“É uma mudança muito bem vinda no serviço público, pois além da economia, a ambiência laboral melhora para os servidores. É uma forma do governo solucionar alguns problemas que existem sem precisar utilizar recursos do tesouro”, explica o secretário de Estado de Gestão, Júlio Modesto.

Ele conta ainda que esta reunião foi o primeiro passo para a parceria que deve englobar também outras secretarias. Já aplicaram um projeto de eficiência energética a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Conforme o representante da DEODE, Frederico Rocha Araújo, os recursos estão disponíveis pelas concessionárias de energia, localmente representada pelo grupo Energisa. Portanto, é necessária a parceria com uma empresa especializada em projetos dessa natureza para acessar esse recurso e beneficiar o Estado.

“A ideia é que o trabalho já se inicie com um levantamento das informações, e que o nosso time se mobilize para fazer o diagnóstico energético pra trabalharmos no projeto. Estamos de mãos dadas com o governo para realizar o melhor trabalho para o setor”, conta.

O projeto será montado e apresentado em chamada pública local. Após a aprovação, será realizado levantamento, desenvolvimento, a instalação de melhorias e a manutenção. Entre as soluções de eficiência energética estão a substituição de lâmpadas, aparelhos de ar condicionado e até da fiação elétrica, dependendo do diagnóstico.

A DEODE Consultoria atua há nove anos no mercado, especializada em desenvolvimento de projetos de eficiência energética tanto para o setor público, quanto para consumidores residenciais, comerciais e industriais. 





document.querySelector('.pagetitle-wrapper div').classList.add('pagetitle-content'); document.querySelector('.pagetitle-wrapper div').innerHTML = "Notícias"; // ]]>