Pular para o conteúdo

12 de Dezembro de 2018 às 18:57 | Sistema Penitenciário

Reeducandos celebram união civil e religiosa durante casamento coletivo

12 de Dezembro de 2018 às 18:15 | Trabalho e Emprego

12 de Dezembro de 2018 às 17:52 | Economia e Finanças

12 de Dezembro de 2018 às 15:55 | Educação

Seduc realiza posse dos assessores pedagógicos nesta quinta-feira

12 de Dezembro de 2018 às 15:24 | Proteção Social

12 de Dezembro de 2018 às 15:00 | Educação

Nova gestão da Unemat toma posse na próxima terça-feira (18)

12 de Dezembro de 2018 às 13:23 | Defesa do Consumidor

12 de Dezembro de 2018 às 09:15 | Economia e Finanças

12 de Dezembro de 2018 às 07:30 | Meio ambiente

11 de Dezembro de 2018 às 18:14 | Sistema Penitenciário

11 de Dezembro de 2018 às 18:13 | Segurança Pública

11 de Dezembro de 2018 às 17:17 | Corregedoria

11 de Dezembro de 2018 às 17:12 | Administração

11 de Dezembro de 2018 às 17:09 | Educação

Clube do Servidor faz convênio com Sesi Escola

11 de Dezembro de 2018 às 17:04 | Segurança Pública

11 de Dezembro de 2018 às 16:57 | Agronegócio e Agricultura Familiar

Indea reinaugura mais 8 unidades nesta semana

Voltar

Doadores são homenageados pelo MT Hemocentro ao som de rock

Rose Velasco | SES/MT

Rose Velasco SE/MT
A | A

A homenagem aos doadores voluntários de sangue foi nesta terça-feira, dia 13 de junho, ao som de rock de três bandas regionais: Endorphina, Coronela e The Xomanos. Os roqueiros levaram alegria, diversão e uma guitarra autografada pela Banda Titãs que atraiu os olhares de todos, servidores e doadores; o instrumento musical foi disputado em fotografias o dia todo.

A unidade do MT Hemocentro, na Rua 13 de Junho em Cuiabá, ficou repleta de doadores de todas as idades. Uma das integrantes da Banda Coronela, Maya Vincenzi aproveitou para doar sangue, após se recuperar de uma cirurgia.

A exposição foi especialmente autorizada pela Banda Titãs para essa ação voluntária em prol da população de Mato Grosso, já que o MT Hemocentro é o único Banco de Sangue Público do Estado e que atende a toda a população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Os Titãs cederam direitos de imagem especificamente para esta campanha”, destacou um dos membros da Banda Endorphina, o médico Alberto Bicudo. Assinaram a guitarra os seguintes titãs: Branco Mello, Sérgio Britto, Tony Bellotto, Mário Fabre e Beto Lee, que é o filho de Rita Lee.

A parceria entre o MT Hemocentro e as bandas de rock conta com o trabalho voluntário da Banda Coronela, composta por Rafaela Scheeren (contrabaixo), Jhony Henrique (guitarra), Mayara Vincenzi (vocal), Thalita Barbosa (bateria); Da Banda Endorphina, que tem no vocal Christopher Moura; na guitarra base, Alberto bicudo; na guitarra solo, Luigi Brianez; no baixo, Gilmar Espírito-Santo; e na bateria, Erik Martins. E da Banda The Xomanos, que tem os seguintes integrantes: Thiago Massu (vocal e guitarra base), Renato Vaz Curvo (Guitarra Solo) Dimitrius Leme (Baixo) e Luiz Brizuela (bateria).

A direção do Banco de Sangue Público Estadual realizou 100 coletas somente em um dia de programação especial para comemorar a data. Os doadores receberam um café da manhã regional e uma caneca de brinde que foi patrocinada pela Banda Endorphina e pela LAPED (Liga Acadêmica de Pediatria), da Faculdade de Medicina da Unic (Universidade de Cuiabá).

O doador de sangue fidelizado, Donizete Raimundo dos Santos, 56 anos, lavrador, ficou impressionado com a recepção festiva no MT Hemocentro. O lavrador doa sangue há mais de 20 anos, após ver o filho recém-nascido entre a vida e a morte. Donizete relata que o que salvou a vida do seu filho foi a solidariedade de amigos e familiares que doaram sangue para fazer a transfusão que tanto o menino precisava.

“Na época eu tinha medo de doar sangue, passava mal só de ver o sangue. Quando eu me deparei com a ajuda de várias pessoas que se mobilizaram para salvar o meu filho, eu percebi que um simples e rápido gesto de amor supera todos os medos e dificuldades; então decidi retribuir e me tornar um doador fidelizado”, disse o doador.

Histórias como a do lavrado Donizete e de milhares de doadores voluntários contribuem para sensibilizar outras pessoas que ainda não tiveram coragem de vencer o medo ou de superar os mitos em torno da doação de sangue, tais como “doar sangue engorda” ou “afina o sangue”.

Doar sangue não emagrece e nem engorda, não afina o sangue, não vicia, não faz mal à saúde de quem doa e nem transmite doença. Somente o doador considerado apto pelos técnicos pode doar. O sangue, após a coleta, é analisado pelo MT Hemocentro e somente após ser considerado apto é destinado para as transfusões nos hospitais e prontos-socorros públicos.

De acordo com a diretora do MT Hemocentro, Silvana Salomão, para ser doador de sangue é preciso ter idade entre 16 e 69 anos, ter boa saúde, peso igual ou superior a 50 kg, não ter ingerido bebida alcóolica doze horas antes de ir doar, não ter ingerido alimento gorduroso três horas antes da doação e levar documento com foto.

O MT Hemocentro depende única e exclusivamente da doação voluntária de sangue e para atender a demanda do Estado todo atende de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, inclusive no horário de almoço. E para reforçar a coleta de doação, agora conta com o serviço do Hemobus, o ônibus que voltou a funcionar há quase dois meses e que contribui para manter o estoque de sangue diariamente.

Agenda do Hemobus para junho

Dia 19 de junho, das 8 às 16 horas, será a vez de atender ao público da Creche Maria Eunice de Barros. No dia 21 de junho, das 8 às 16 horas, haverá coleta no estacionamento do TRT (Tribunal Regional do Trabalho). No dia 26 de junho, das 8 às 16 horas, será feita a primeira coleta externa de doação de sangue em Várzea Grande, onde a equipe técnica estará atendendo no estacionamento da empresa Copermáquinas, na Avenida Júlio Campos, Bairro Marajoara. E no dia 28 de junho, o Hemobus fará coleta no SENAR/CIPA, das 8 às 16 horas, no Centro Político Administrativo.