Pular para o conteúdo

Quarta-feira, 01 de julho, MT registra 36 mortes em 24 horas mais de 17 mil estão contaminados

Jota Passarinho / Ana Lazarini

Conforme o Boletim oficial nº 115 da Secretaria de Estadual de Saúde, divulgado na tarde desta quarta-feira, 01 de julho, em MT já são 17.401 casos confirmados de coronavírus e 665 óbitos por conta da doença no Estado.//

De acordo com a publicação, as 36 mortes mais recentes são de pessoas que moravam em Várzea Grande, Tangará da Serra, Cuiabá, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Cáceres, Sinop, Barra do Garças, Rondonópolis, Araputanga, Poxoréu, Primavera do Leste, Cláudia, Campinápolis, Sorriso, Juruena e Nova Monte Verde.//

O documento aponta que nas últimas 24 horas, foram registradas 1.100 novas confirmações da Covid-19 em MT./ Os 20 municípios com mais casos de coronavírus são: Cuiabá, com 4.190 infectados, Várzea Grande tem 1.379 pessoas com a doença, e em Rondonópolis  1.287 moradores estão contaminados.//

Sorriso tem 726, Primavera do Leste  registra 659 doentes, Tangará da Serra 633, Lucas do Rio Verde tem 617 e Nova Mutum está com 465 infectados, Sinop tem 441, em Pontes e Lacerda o número de contaminados aumentou pra 436, Campo Verde 357 e Confresa já tem 319.//

Cáceres está com 296 pessoas doentes, Barra do Garças tem 239, Colíder e Campo Novo do Parecis tem 217 em cada cidade, Querência 210, Sapezal 181, Jaciara tem 161, Alta Floresta permanece com 158 e em Nossa Senhora do Livramento 157 moradores estão com a Covid-19.//

Dos 17.401 casos confirmados em Mato Grosso, 9.523 estão em isolamento domiciliar, 6.543 se recuperaram e estão em casa, 223 pacientes permanecem internações em UTI e 265 na enfermaria./ Todos eles são diariamente monitorados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do estado e dos municípios.//

RECOMENDAÇÕES

Só pra lembrar, ainda não existe vacina contra o coronavírus, e os especialistas orientam, que a melhor maneira de evitar o contágio e adotar as medidas de prevenção preconizadas pelo Ministério da Saúde, já amplamente divulgadas.//

Além a higienização constante, como lavar as mãos com frequência, usar máscara, desinfetar aparelhos e equipamentos com álcool em gel ou 70%, não participar de aglomeração e ficar em casa, são dicas importantes para não se contaminar, e claro, salvar vidas.//

E não se esqueça, o uso da máscara continua obrigatório em todo o território mato-grossense, e quem desrespeitar a Lei, vai ser multado./ Só mais um lembrete, o enfrentamento e combate ao avanço do coronavírus é responsabilidade de todos, pense nisso e faça a sua parte, você também é responsável.//

Recentes