Pular para o conteúdo

Conteúdo com Editorias Economia e Finanças .

Estado discute construção de intermodal para otimizar a escoação de grãos e carnes

Noelisa Andreola

Facilitar a escoação de grãos e carnes de Mato Grosso, este é o objetivo do goverdo do Estado, que promoveu por meio da Desenvolve MT o seminário “Logística Intermodal de Escoamento pelo Pacífico”, nesta quinta-feira, dia 26 de abril.//

De acordo com o Doutor em Logística Comercial, o peruano Alberto Ruibal, é necessário investir em ferrovia para encurtar o tempo gasto de exportação da produção mato-grossense e baratear o frete.//

Sonora - Alberto Ruibal

No estado existem quatro corredores para a escoação, sendo eles: Sul (ferrovia a partir de Rondonópolis ou BR-364), Oeste (BR-364), Leste (BR-158) e a Norte (BR-163) a principal rota.//

O superintendente, Daniel Latorraca, do Imea – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária ressaltou que o estado esta distante dos portos e que isso gera um desafio para os produtores, por isso é necessário discutir novos meios logísticos.//

Sonora - Daniel Latorraca

Segundo o presidente da Desenvolve - MT, José Adolpho, trazer o Doutor Ruibal foi para elucidar as possibilidades da rota - Bolívia – Peru – Pacífico.//

Sonora - José Adolpho

Adolpho ainda enfatizou que a ideia é trazer investimentos da China para a construção da ferrovia, que deve custar em torno de U$12 bilhões de dólares.///

Recentes