Pular para o conteúdo
Voltar

Policiais militares discutem atuação dos Grupos de Apoio

No encerramento do encontro, nesta sexta-feira, os policiais vão às ruas de Cuiabá e Várzea Grande em uma operação integrada de prevenção e repressão à criminalidade
Laura Gonçalves e Alecy Alves | Secom-MT

O coronel Assis destacou a importância da busca por mais conhecimento para melhoria da atividade policial - Foto por: Sd Elias/PMMT
O coronel Assis destacou a importância da busca por mais conhecimento para melhoria da atividade policial
A | A

Os policiais militares que atuam nos chamados Grupos de Apoio (GAp) participam em Cuiabá do primeiro seminário de regulamentação dessa modalidade operacional. Participam cerca de 180 militares, entre praças e oficiais, dos 141 municípios mato-grossenses.

O encontro incluí atividades teóricas, práticas e operacionais sobre abordagem, análises criminais, dados de produtividade, entre outros temas.   

Na abertura, realizada na manhã desta quinta-feira (13.02), o comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, destacou a importância da participação dos policiais e agradeceu a disposição de todos que vieram a Cuiabá em busca de mais conhecimento para melhoria da atividade policial.

Na avaliação do comandante, ao estudar as técnicas operacionais, a PM embasa melhor suas ações e torna os resultados mais satisfatórios à população do Estado.

Na palestra de abertura o tenente-coronel Januário Antônio Edwiges Batista, comandante do 4º Batalhão de Várzea Grande e coordenador do seminário, apresentou o plano de ação do GAp, como funciona a seleção de efetivo, o treinamento, os equipamento utilizados, entre outras informações.

Januário pontuou que ao atuar seguido o ‘ABC’ das atividades policiais (Abordagem, Busca pessoal e/ou veicular e Checagem) o policial consegue fazer a diferença e dar respostas positivas à sociedade na prevenção e repressão à criminalidade.

No período vespertino o encontro acontece na Escola Superior de Formação de Praças (Esfap), com grupo de trabalho.

Na manhã desta sexta-feira (14) o seminário prossegue na Esfap. Já no período da tarde, a partir das 14h, os policiais do GAp de todos os comandos regionais vão às ruas de Cuiabá e Várzea Grande uma operação integrada. O lançamento da ação será na Praça Alencastro.   

Os Grupos de Apoio são formados por policiais treinados para dar o apoio necessário às equipes do serviço ordinário, ou seja, do policiamento de rotina, em ocorrências que exigem reforço policial imediato. Por ser uma atividade recente na PMMT, o seminário terá, entre outras funções, propor e debater procedimentos regulamentadores.

Na solenidade de abertura o pelo tenente-coronel Januário Antônio Edwiges Batista fez uma homenagem simbólica, entregou ao comandante-geral coronel Assis e ao subchefe do Estado-Maior Geral Wankley Correia Rodrigues uma camiseta com o braçal do GAp.