Pular para o conteúdo
Voltar

Reeducandos colaboram com decoração do Festival de Pesca de Cáceres

Raquel Teixeira | Sejudh-MT

Assessoria
A | A

A preparação da cidade para o tradicional Festival Internacional e Pesca (FIPe) de Cáceres, que entra neste ano na 36ª edição e será realizado no mês de junho, conta com a colaboração de um grupo de 30 reeducandos da unidade prisional do município. Eles participaram de uma oficina, que ensina a transformar material como garrafa pet em arte reciclável. Com isso, a decoração do FIPe ganha cores por toda a cidade. 

A oficina pela qual passaram os reeducandos faz parte do projeto Cáceres Ecológica, uma parceria entre a Prefeitura de Cáceres, empresa de saneamento Águas do Pantanal e o Sistema Prisional. O projeto inclui a coleta de garrafas pet, a oficina e a montagem da decoração. 

O diretor da cadeia de Cáceres, Rebetrio Costa, explica que a oficina integra uma série de atividades desenvolvidas pela unidade para qualificação dos reeducandos. Com essa atividade, eles ganham a chance de ter um trabalho, aprendem e tem a oportunidade de remição de pena. “Além disso, outras parcerias firmadas com a unidade prisional, empresas e o poder público de Cáceres têm proporcionado diversas capacitações, fazendo com que possamos dar uma atividade ao reeducando, como por exemplo, a oficina de corte e costura dentro da unidade, e o emprego de mão de obra em atividades da prefeitura”, destacou o gestor. 

Conforme o coordenador do Projeto Cáceres Ecológica, Mauri Menezes Júnior, a coleta de garrafas pet é feita junto às escolas, estabelecimentos comerciais e população em geral, criando a conscientização da importância da coleta seletiva e retirada destes materiais da natureza. “Após a oficina de corte e limpeza das garrafas, os oficineiros elaboram as  confecções  das artes. Dessa vez foram utilizadas somente as tampinhas das garrafas e a parte do fundo, sendo o restante armazenado para as próximas confecções”, explicou. 

Todas as atividades laborais desenvolvidas com os reeducandos, selecionados e aptos  legalmente após avaliação da unidade prisional e liberação da justiça, tem amparo na Lei de Execução Penal (LEP). A cada três dias trabalhados, o reeducando ganha um na redução da pena. A mão de obra empregada pela prefeitura é livre de encargos trabalhistas, conforme prevê a LEP. 

FIPe

O Festival Internacional de Pesca será realizado de 7 a 11 de junho, em Cáceres, com uma vasta programação que inclui pesca esportiva, atrações culturais e musicais regionais e nacionais. Mais informações pelo endereço http://www.fipcaceres.com.br

Com informações da assessoria/Prefeitura de Cáceres